● Porto de Vacas

03 janeiro, 2011


Depois de longos meses de ausência, nada como terminar um ano e começar outro no local onde tudo começou. Hoje estou a escrever-vos do meu quarto, na minha casa, do computador do meu irmão, mas com uma pequena grande diferença, abandonei Coimbra por uns dias para voltar à terrinha: a mítica Porto de Vacas.


Devo dizer que desde o Verão que não punha cá os pés, o que é quase uma blasfémia tendo em conta que há algum tempo atrás poucos eram os meses (ou mesmo fins-de-semana) em que não dava cá um salto, mas sabe bem voltar desta forma, com a família toda e com saudades para matar.

É interessante como nas pequenas coisas que primeiro se detestavam, agora perderam toda a importância. Já não me importo se está um frio que não se suporta, se a televisão do quarto não funciona, se a internet é... vamos chamar-lhe menos rápida (pelo menos agora temos internet wireless, o que é fantástico, Porto de Vacas rumo ao futuro!), se... Tudo isso perde a importância quando se está finalmente com pessoas que não se viam há uma data de tempo (e com os amigos que sobreviveram ao teste do Tempo), e se é verdade que o tempo não está perfeito para uma boa futebolada das antigas, também é verdade que nos nossos tempos áureos estas já ocorreram em situações mais complicadas, meteorologicamente falando!


Enfim, foi bom estar de volta mesmo que tenha sido só por uns dias (pois hoje já regresso a Coimbra... o dever chama!) e embora as coisas estejam totalmente diferentes dos velhos tempos, foi um recarregar de baterias que, na minha modesta opinião, não se consegue fazer noutro sítio. Agora só espero não ficar novamente ausente tanto tempo, porque dias assim fazem muita falta!

Comentários
2 Comentários

2 Comentários :

  1. Leather disse... :

    Coisas antigas... nostalgia.... acho que também sou uma pessoa nostálgica por natureza....

    Por isso, concordo contigo: é sempre bom estar de volta!

  1. Denim disse... :

    Há quem diga que o passado deve ficar no passado, mas eu não consigo fazer isso. Não que eu não viva o presente e não esteja sempre com um olho no futuro, mas o passado é muito importante!

Enviar um comentário

Não se esqueçam de deixar as vossas opiniões, porque há sempre uma palavra a dizer, por mais pateta que possa parecer! xP

 
The Grand Chaos © 2012 | Ready To Rock