● The Supernova 21: A Verdadeira História - 2.ª Parte

10 julho, 2009

Deixo-vos agora a segunda parte da verdadeira história da fantástica (e quase desconhecida) banda coimbrã The Supernova 21. O que terá acontecido à banda agora que Roberto decidiu sair? Estas e outras perguntas são agora respondidas.

Pode também dar-se o caso em que o caro leitor deste blog se esteja a perguntar o que raio se está a passar aqui?! No caso de não estar familiarizado de todo com este mito da música que foram os The Supernova 21 e ter ficado colossalmente curioso para conhecer os acontecimentos que antecederam estes que vou passar a partilhar, os seus problemas estão solucionados, bastando para isso clicar AQUI para satisfazer a sua fome de informação! Agora que estamos todos finalmente na mesma página vamos a isto! Divirtam-se!



O Pós-Roberto e Alva Rock

A saída do vocalista poderia provocar o descalabro numa banda comum, mas longe de ser considerada uma banda comum os The Supernova 21 não se deixariam abalar pela saída de Roberto, que continuaria a apoiar a banda mas desta feita nos bastidores, continuando a sua criação de diversas formas de promover a banda, como hi5, MySpace, logótipos, gravação de demos, enquanto Samuel e Rita continuariam a fazer música. Com Samuel a tomar as rédeas da voz depois de algumas audições sem sucesso, a banda iria dar mais um concerto, no Bar dos Camones em Coja, que teria um enorme sucesso e cuja performance seria aclamada pela crítica.

Com o sucesso da banda a aumentar os The Supernova 21 decidiram organizar um evento musical que teve lugar mais uma vez no Bar dos Camones, em Coja e que ocorreu nos dias 28 e 29 de Dezembro de 2007, contando com a presença de vários convidados que tocaram ao lado da banda, tais como Mauro (que teria sido pensado para substituir Roberto como vocalista) e em 2 músicas contaram com Roberto (que desta forma devolveu a formação inicial da banda, ainda que por apenas alguns minutos). O dia 28 ficou a cargo dos ZAG.A.LOT (cujo hi5 podem visitar AQUI), uma banda de Metal de Arganil, composta por Sérgio Alves (mais um amigo de liceu de Samuel e Roberto), Gonçalo, Jojozio e Cabo, enquanto os The Supernova tiveram a seu cargo o dia 29.

Depois de uma sexta-feira explosiva com a actuação dos Zag.A.Lot, os The Supernova 21 trouxeram a revolução a Coja num concerto fantástico que inclusivamente levou alguns dos presentes a um estado de loucura tal que os poderia ter destruido interiormente, tendo por isso de deixar o recinto(?!) no entanto, não vale a pena estes fãs ficarem preocupados pois todo o festival foi gravado com qualidade digital, o que permitiu que fosse lançado o primeiro DVD da banda e como tal este fantástico concerto fica recordado para a posteridade (ficaria pois o DVD nunca foi terminado...)!
O sucesso do evento foi tal que foi inclusivamente alvo de reportagem no Jornal de Arganil, jornal de referência da região num longo artigo que descreveu toda a história da banda, escrito pelo próprio Roberto (embora o seu nome não estivesse na reportagem... bandidos!!!).

2008: A Ascensão e a Queda Final

Depois do sucesso do Alva Rock, a banda empenhou-se muito na conclusão da sua formação, mas tal como qualquer guerreiro precisam de descanso! Num desses momentos conhecem Pedro Coelho, uma amigo de Mauro, que por coincidência está a ter nesta altura aulas de... bateria! Pedro mistura influências de metal contemporâneo com as raízes clássicas do rock e um talento nato que por si só pode fazer a diferença num grupo como os The Supernova 21!
Com a entrada de um baterista a banda estava quase definitivamente pronta para novos voos, no entanto, ainda faltava algo para que o espírito revolucionário do grupo se reerguesse e ascendesse ao seu lugar entre os grandes da música. Esse momento acontece em Abril quando Roberto se reúne novamente com a banda, após 10 meses de afastamento (salvo a participação em 2 músicas durante o Alva Rock) o que viria a iniciar um novo período para os The Supernova 21...

A banda, agora completa, prepara a sua grande apresentação ao mundo e a preparação do seu regresso não deixou os fãs desapontados! Com uma estrondosa actuação no Lagar do Alva em Coja, o grupo deixou os fãs em delírio e provou estar melhor que nunca, enfrentando tudo e todos pelo sucesso absoluto! Não há quem os pare agora!

Com mais um concerto a aproximar-se e com uma reputação a formar-se no underground do rock português, temos aqui um caso sério de sucesso, e esta é a altura certa para perguntar: Será que os The Supernova 21 se contentam ao ter apenas o céu como limite?!


Bem, a verdade é que... não foi possível passar sequer dos 500 m. A última apresentação da banda seria de facto no dia 23 de Julho com o Lagar do Alva e, devido a causas ainda não totalmente explicadas, mas devidas provavelmente a um certo mal-estar entre os membros, a desintegração da banda foi o passo que se seguiu, fazendo com que Roberto se afastasse primeiro, seguindo-se pouco depois Pedro, ficando apenas Samuel e Rita na banda, que acabaria por nunca recuperar destas perdas e eventualmente devanecer-se-ia, chegando assim ao fim um banda tão carismática como esta...


Esta é a verdade por trás da lenda que foram os The Supernova 21 e estes são os factos que todos ansiavam por ouvir. Depois de revelar todos a história, sem esperar qualquer retorno financeiro, espero ter satisfeito todos os fãs que há muito esperavam uma divulgação oficial, para que o mito nunca seja esquecido!


Agora, para relembrarem (ou ouvirem pela primeira vez) o maior "hit" do grupo, aqui fica um video com a primeira demo da música The Supernova na sua versão acústica!

Comentários
6 Comentários

6 Comentários :

  1. Room401 disse... :

    A musica até está fixe embora tenha uma qualidade d merda e não tenha bateria nem nada.
    Mas está fixe tem 1 ritmo porreiro pá e tu até cantas bem, tens 1 voz meio radiofónica.

    O Myspace está bonitinho bela imagem de fundo, parece k tens jeitinho pra fazer logos lol dá-lhe!!!!

  1. Denim disse... :

    ok deixa-me ver se percebi, a banda ficou completa, deram 1 concerto e acabaram!
    Teve uma vida comprida mesmo, hein??? lol

    Já a musica até tem um refrão bacanito e tudo mas mesmo assim não emploga muito, se calhar é por ser só guitarra e voz, tens de postar outros videos!!

  1. Rute disse... :

    Bem depois d ler esta lindissima conclusão x) e de te ouvir cantar o k n é por nada mas cantas mesmo mal lol :DD
    já começo a acreditar mais na tal de banda rock.

    Mas tens aqui uma história para contar aos netos lol e d certeza k eles x vão divertir com ela.
    És mesmo doido tu!


    bjinhos maluko***

  1. Anónimo disse... :

    Que cena marada! essa tal reportagem está na net?
    bem que queria ler isso deve ser bonito deve lol
    epa se for como este texto aqui deve ter feito sucesso lol

    mas olha que a musica é um bocado fraca não? pelo menos esta versão se é a 1a demo voces devem ter melhorado nao?

  1. É verdade a gravação é fraquinha mas foi a única que foi gravada e colocada na net antes do meu PC falecer.

    Nós fizemos algumas gravações no meu portátil com a formação completa (os 4) mas nunca foram colocadas na net e quando o meu portátil se desmanchou todo ficaram irremediavelmente perdidas!

    Tadinhas!!!

    Mas fico contente por terem achado a música porreira e por gostarem de me ouvir cantar eheh, é sinal que têm bom gosto lol

    Continuem a passar por cá!

    Fiquem bem abr e/ou bjinhos

  1. DragoNight disse... :

    Bem é um facto que até tens uma voz agradável ao ouvido e que a música é bonita, mesmo com a qualidade fraca da gravação, mas dá para ficar com uma ideia daquilo que a banda foi e daquilo que poderia ter sido caso tivesse continuado. Digo que, sinceramente é pena, e só posso falar por aquilo que ouvi e, dá-me a entender que a única lacuna na gravação - para além da falta de qualidade - é a bateria. Com a formação completa acredito que conseguissem ir longe, se dessem um pouco mais de profundidade ao vosso estilo.
    Mais uma vez, impressionas SaiyanNeverCry.

    Um abraço

Enviar um comentário

Não se esqueçam de deixar as vossas opiniões, porque há sempre uma palavra a dizer, por mais pateta que possa parecer! xP

 
The Grand Chaos © 2012 | Ready To Rock