● All Hell Breaks Loose: Revelations - 4.ª Parte

25 maio, 2012

O armazém estava agora coberto de chamas que deflagravam agressivamente e que separavam Kaiser e Marian de Ramiel e da horda de Sem-Almas. O calor das chamas era tal que o metal do edifício começava a derreter mas ao mesmo tempo parecia não afectar o debilitado corpo de Marian, inanimado nos braços de Kaiser. O demónio sente uma presença e atira o corpo da jovem em direcção às chamas e este acaba recolhido por Lily, que reapareceu.
Kaiser avisa a Demónio para sair dali rapidamente, pois as chamas irão protege-las. Lily obedece e enquanto ela atravessa o fogo, alguns Sem-Alma que tentam segui-la acabam incendiados.


Ramiel avança lentamente em direcção a Kaiser, aparentemente sem reagir a todo aquele intenso calor, tanto que com apenas um movimento do seu braço esquerdo apaga as chamas completamente.
Kaiser, irritado, ataca Ramiel, apenas para ver o seu ataque directo ser recebido sem causar qualquer dano. Ramiel mantém-se imóvel, mas o seu corpo começa a ficar povoado por faíscas e Kaiser sabe que estas podem ser problemáticas e afasta-se rapidamente. No momento seguinte surge um clarão em direcção aos céus e o laboratório fica céu aberto. Os zombies tentam agora subir as paredes para chegar à superfície e escapar, mas Kaiser não tem tempo para lidar com eles. Com a absorção das almas Ramiel tornou-se ridiculamente forte e vai ser necessário todo o seu poder e experiência para sobreviver à batalha, mas ele fez uma promessa a Alex e pretende cumpri-la.
Kaiser junta as mãos e fecha os olhos, numa posição que lembra aquela usada pelas pessoas para rezar, e ao separá-las as chamas que resultam do movimento tomam a forma de uma enorme espada de lâmina negra praticamente do tamanho do seu corpo, e que outrora era temida por todos os inimigos de Kaiser T. Daemon, Imperador.

Ramiel não deixa de achar piada ao novo brinquedo do demónio, mas a sua expressão muda rapidamente ao descobrir que a lâmina se divide em duas e ser imediatamente empalado por uma delas, arremessada pelo demónio, enquanto prepara a outra para o cortar em dois. Ramiel consegue escapar ao ataque, mas nota que o seu excesso de confiança quase deu uma vantagem enorme ao seu oponente e por isso não deve nunca subestima-lo. Ele pode estar agora com esta forma de um jovem humano, mas continua a ser um demónio poderoso e experiente que lutou na Guerra das Almas ao lado de Red Roger.
A luta recomeça e Kaiser continua em desvantagem contra o Arcanjo que consegue prever todos os movimentos do demónio. Kaiser usa ataques extremamente agressivos e o tamanho da sua espada não é ideal em relação ao seu corpo mas mesmo assim consegue aguentar-se contra o Arcanjo com esteróides.

Kaiser confronta Ramiel dizendo que na Guerra ele viu o que acontece com os anjos que absorvem números enormes de almas, tal como Ramiel fez. As almas são como uma droga e a sua utilização dá-lhes um imenso poder mas também os deixa sedentos por mais e mais almas. Isso aconteceu com os demónios no princípio dos tempos e foi por isso que ao longo dos séculos estes procuraram os humanos para os roubar. Se os Anjos seguirem por esse caminho eles acabarão por se tornar como os seus “irmãos”.
Ramiel diz conhecer bem a sensação até porque essa foi a chave para que os Anjos conseguissem reduzir tanto o número de demónios durante a Guerra. E também foi essa a razão por que os Sem-Alma se tornaram tão numerosos que ameaçaram destruir o equilíbrio das almas. Os Anjos absorveram milhões de almas para ficarem fortes o suficiente para derrotar os demónios, mas só depois notaram os efeitos adversos desta utilização excessiva. Muitos dos valorosos anjos ficaram reféns do fluxo de almas, tanto que muitos deles acabaram por sucumbir por ordem de Seraph. Ramiel conseguiu aguentar a sua fome para passar despercebido, mas agora que se encontrava na Terra conseguiu arranjar forma de conseguir almas e pôr a culpa nos demónios, juntando o útil ao agradável. Agora pode alimentar-se de todas as almas que entender e acabar com alguém do nível de Kaiser, “o demónio que barbaramente atacou Marian”. Ditas estas palavras, Ramiel remove a lâmina que Kaiser arremessou contra si e instantaneamente desaparece e volta a aparecer nas costas de Kaiser, devolvendo-lhe o tratamento da mesma forma.


Agora que Kaiser conhece as razões de Ramiel, já não há desculpas. O Arcanjo deve ser eliminado e sem demora. Para isso só há uma forma de acabar com tudo, por isso, pedindo desculpas a Alex, Kaiser invoca Chaos, a Besta, num esforço desesperado para vencer a batalha.
Ramiel percebe agora o porquê de Kaiser ter escapado ao ataque na Igreja, mas não tem tempo para mais nada. Quando percebe, as quatro lanças de Chaos já estão cravadas no seu corpo e a Besta concluiu o impiedoso ataque desmembrando-o por completo, despedaçando o Arcanjo sem que este tenha tido tempo de perceber o que se passou.
Kaiser tinha dificuldades em mexer-se e não sentia a presença de Alex. Talvez tenha ficado novamente em coma devido à invocação, ou talvez algo pior...

O demónio sente uma presença conhecida e Lily volta a aparecer. Kaiser repreende-a por ter aparecido quando ele a tinha mandado embora mas ela responde que só voltou para o avisar que os Sem-Alma estão à solta e a atacar pessoas na cidade. Os números aumentam cada vez mais e eles têm que conseguir detê-los. Kaiser não vê como conseguirão, afinal ele está totalmente de rastos depois da batalha… o demónio não termina frase depois de observar o rosto de terror na jovem à sua frente. Volta-se e vê Ramiel completamente são e salvo, como se o ataque de Chaos nunca tivesse acontecido.
Incrédulo e sem forças para atacar, Kaiser volta a pedir para Lily fugir mas tal já não é possível. Ramiel transporta-se até à demónio e ataca-a, mas o seu movimento é travado.

Lily sente uma luz suave e morna a envolvê-la, e ao olhar para trás de si vê Ramiel caído e inanimado. Kaiser está visivelmente nervoso, o olhar o chão e a tentar guardar a raiva que sente dentro de si. À sua frente, muito lentamente, desce um indivíduo majestoso de cabelo prateado e vestido de branco, que congratula Kaiser pela vitória obtida.
Kaiser levanta a cabeça e pergunta ao indivíduo se tudo o que se passou ali não passou de um jogo para ele. O homem mantém uma expressão séria, agrade ce aos dois por tudo o que fizeram e pede para ver Marian. Kaiser pede a Lily para que a traga, afinal ele prometeu que a salvaria.
A jovem deita Marian junto de Kaiser e do homem e este coloca as mãos no peito da Anjo, envolvendo-a na mesma luz que salvo Lily. Marian, que estava pálida e com respiração irregular, recuperou numa questão de segundos e ao abrir os olhos, a sua expressão tornou-se num misto de espanto e alegria, tentou curvar-se imediatamente perante aquele que tratou por Lorde Seraph. Lily ficou estupefacta enquanto Kaiser permaneceu sem reacção.
Seraph pediu calma a Marian, pois não foi possível regenerar a sua asa e não devia fazer esforços para já, perguntando em seguida a Kaiser se também ele precisava de ajuda. Kaiser disse preferir morrer a receber ajuda de Seraph, mas este replicou que o jovem que lhe emprestava o corpo talvez não se sentisse assim. Kaiser engoliu o orgulho e deixou o corpo de Alex para que Seraph o curasse.

Mal retomou a consciência Alex não escondeu a sua alegria ao ver Marian sã e salva nem a sua estranheza ao ver aquele estranho sorrir para si de uma forma que o incomodava um pouco.
Seraph apresentou-se ao jovem e declarou o seu repúdio pelas acções de Ramiel, ainda inanimado perto deles, e que tudo faria para que as acções dele fossem minimizadas o mais possível. Ele iria forçar as almas absorvidas por Ramiel a saírem do seu corpo para que assim pudessem voltar aos corpos originais e assim os Sem-Alma voltariam ao normal, mas para isso precisaria que Kaiser o ajudasse, impedindo que eles continuassem a espalhar o terror pela cidade. Alex concordou imediatamente e Marian ofereceu-se para ajudar no que pudesse.
Seraph avisou-a para ter cuidado, pois o seu corpo precisava de mais algum tempo para recuperar completamente, mas aceitava a sua ajuda, afinal Marian iria tornar-se, a partir daquele momento, na Guardiã da cidade e caber-lhe-ia protegê-la de ataques de demónios, Sem-Alma, ou fosse o que fosse ameaçasse as pessoas. A jovem ficou delirante e prometeu que não deixaria que nada de mal voltasse a acontecer.

Kaiser voltou ao corpo de Alex, que junto com Lily e Marian, partiram para a cidade para impedir a destruição dos Sem-Alma. Alex estava bastante preocupado com Rafa e Miguel, os companheiros de quarto, que sempre se perguntaram como seria viver num mundo pós-apocalíptico, e que não devem estar a achar grande piada agora.
Ao chegarem à cidade, os três separaram-se e Kaiser dirigiu-se imediatamente ao bairro de Alex para procurar os amigos. Ao chegarem, os dois estavam em cima de um carro, Rafa, o atleta inveterado, armado com um taco de baseball a defender-se como podia, enquanto Miguel, viciado em jogos online, usava a sua pontaria afinada para cegar os zombies com uma arma de Paintball. Kaiser entrou de rompante e afastou todos os zombies do carro, criando um anel de chamas para proteger os jovens, que devido à velocidade do demónio, não conseguiram perceber bem o que se passou.
Alguns minutos depois Seraph tinha concluído o seu trabalho e os Sem-Alma voltavam ao normal.


Kaiser, Lily e Marian voltaram ao que restava do laboratório mas tanto Seraph como Ramiel já tinham desaparecido. Marian agradeceu aos demónios pela ajuda que deram para acabar com o plano do Arcanjo e prometeu que faria o seu melhor para que a cidade se mantivesse segura. Garantiu ainda a Kaiser que iria procurar saber mais sobre o destino de Red Roger, pois era o mínimo que poderia fazer depois de lhe terem salvo a vida. Kaiser não lhe respondeu e voltou-lhe as costas, dizendo que não foi por ele que ele a a salvou. Lily desapareceu em seguida declarando que não aceitou a derrota e queria uma desforra. Marian sorriu e despediu-se com um “até já”!

Pouco tempo depois a vida de Alex voltou à confusão de sempre! Lily mudou-se lá para casa para estar próxima de Kaiser e as sua tendência para andar pela casa em trajes menores era algo que agradava bastante aos companheiros de quarto de Alex, mas o que eles iriam acabar por descobrir é que também era muito perigoso para a integridade física deles!
Marian continuava pela vizinhança e visitava Alex sempre que podia, o que irritava terminantemente os demónios que já não a podiam ver à frente.

O que é certo é que fossem zombies, demónios, anjos, ou outra coisa qualquer, na vida de Alex todos os dias eram agora uma aventura!


Comentários
5 Comentários

5 Comentários :

  1. Room401 disse... :

    Grande final! Realmente o Kaiser é muito badass e a interação dele com o Seraph foi engraçada. Que venha o próximo capítulo!

  1. Alexandersson disse... :

    Isto é que foi uma epopeia! Porrada entre anjos e demónios, almas que funcionam como drogas, para uma história que parecia bem cliche ao início acho que a desenvolveste bem e espero que fique ainda melhor^^

  1. Leather disse... :

    História muito boa e mais uma vez ilustrações espetaculares. Não demores a fazer a continuação.

  1. Winchester disse... :

    O aguardado final chegou e foi muito bom. Fugiste à regra de ser o protagonista a dar cabo do vilão, e isso foi interessante. Keep it up!!

  1. Obrigado pelos comentários pessoal! Não se esqueçam que este é apenas o primeiro capítulo da saga, por isso aguardem por novidades sobre as sequências muito brevemente.
    Stay tuned!

    Beijinhos e/ou abraços!

Enviar um comentário

Não se esqueçam de deixar as vossas opiniões, porque há sempre uma palavra a dizer, por mais pateta que possa parecer! xP

 
The Grand Chaos © 2012 | Ready To Rock