● The HM Chronicles XV: A Cara Da Banda

01 novembro, 2010


Sejam muito bem-vindos a mais uma fantástica HM Chronicle, hoje para comentar um fenómeno sempre interessante no mundo musical que todos adoramos: A Cara Da Banda!


Na grande maioria dos casos, quando uma banda se torna bstante conhecida e popular, as pessoas em geral apenas conseguem identificar um membro do grupo, normalmente o vocalista, nalguns casos o guitarrista, outros exemplos são mais raros.

É verdade que por vezes isto acontece mesmo com aqueles que se intitulam fãs da banda, e isto pode acontecer por várias razões:

Normalmente no Rock não se encontram muitos artistas a solo, e esses que existem são apenas a excepção que confirma a regra. Algo que se encontra bastante são cantores que fazem parte de uma banda que é na realidade o seu projecto solo, e nesses casos é recorrente que o dito cantor componha todas (e mesmo todas) as músicas, toque todos os instrumentos em estúdio, tornando os restantes músicos (quase descartáveis) apenas parte das tournées, conquistando desta forma a sua relevância.

Também pode acontecer que numa banda com vários anos de carreira, todos os membros originais já tenho desistido do grupo, deixando apenas um deles ainda presente. Mesmo que essas saídas sejam amigáveis e não ocorram num curto espaço de tempo, é frequente que o dito membro original tenha pouca paciência para os novos integrantes e os depedimentos se tornem frequentes, tornando-se na cara da banda.

Há muitos exemplos deste tipo por aí e não é preciso pensar muito para identificar alguns *cough Guns cough Roses cough*.



Outro caso muito comum ocorre nas bandas que possuem um membro do sexo feminino, quer esta seja a vocalista ou não.
Mesmo que as situações anteriores se apliquem neste cenário, é comum que "a menina" seja pelo menos a segunda cara da banda, podendo mesmo roubar o protagonismo do líder casos mais ou menos pontuais, dependendo do seu grau de beleza.

Dependendo do grau de "estabilidade" que uma banda nestas condições possua, o seu destino mais provável é ser desfeita e a sua Cara partir numa carreira a solo, enquanto os restantes integrantes caem no esquecimento. Destinos diferentes são menos frequentes.

Claro que há muitos casos em que uma banda não se reduz a um elemento e os seus "contratados", ou à banda da "miúda gira", pois também há casos em que estas condições são perfeitamente compatíveis, sem comprometer a qualidade musical, deslocando-se um bocadinho daquilo que muitas vezes os media tentam impingir, que infelizmente é cada vez mais baseado em casos deste tipo.

É tudo por hoje! Até à próxima e "Keep it Metal!" ‎\m/Ò_ó\m/


Podem ler as restantes crónicas desta rubrica AQUI.
Comentários
5 Comentários

5 Comentários :

  1. Room401 disse... :

    Mais uma ótima crónica como sempre. Tens toda a razão quando dizes que a musica agora é tudo uma questão de ter um gajo bonitinho, esqueceste-te foi da parte em que as musicas têm de ser melosas e o vocalista tem de passar o tempo a chorar LOL!!

  1. Alexandersson disse... :

    Bom texto. Devias escrever mais coisas deste tipo. Tens jeito!

  1. Denim disse... :

    Estas crónicas continuam a bater forte heheh! Concordo que as bandas com gajas vocalistas só sobrevivem se a gaja for gira, caso contrário não duram muito, e cada vez vai ser pior..

  1. Leather disse... :

    Muita bom a crónica, parece que as tuas ideias não acabam tão cedo!

  1. Boas ppl! É impressionante como vocês continuam a ler estes textos grandinhos que eu continuo a escrever de quando em vez hehe. Muito obrigado pelos comentários e opiniões e continuem o bom trabalho!

    Fiquem todos muito bem.
    Beijinhos e/ou abraços!

Enviar um comentário

Não se esqueçam de deixar as vossas opiniões, porque há sempre uma palavra a dizer, por mais pateta que possa parecer! xP

 
The Grand Chaos © 2012 | Ready To Rock