● "Le Papier Strikes Back: Rise Of The Shadow Ring" - 2.ª Parte

29 janeiro, 2010

É o fim de um ciclo! Hoje fica concluída a épica aventura "Le Papier Strikes Back: Rise Of The Shadow Ring" que marca o final desta espectacular (lol) trilogia! Se não leram a primeira parte da história, podem fazê-lo AQUI.

Mas como pode dar-se o caso de não conhecerem as primeiras aventuras deste herói mítico, podem ler ainda as histórias "Le Papier - The Movie" e "Le Papier Returns: The Four Horsemen". Divirtam-se!



Passou uma semana desde os incidentes do teatro. Le Papier ainda não recuperou completamente dos ferimentos que sofreu, mas já prepara o seu próximo passo. Titan era um adversário poderoso, mas tê-lo-ia derrotado não fosse o seu ataque traiçoeiro. Quase perdeu a vida nesse último combate com o Estranho, por isso no próximo confronto não cometeria novamente o erro de deixá-lo atacar e iria destruí-lo o mais rapidamente possível.

Papier sabe que para além de Jess, que o auxiliou durante a recuperação, ninguém tem conhecimento da sua sobrevivência, por isso preparou todo o seu equipamento para um último e decisivo confronto, do qual é mesmo possível que não regresse.
Durante a sua recuperação, a N.O.V.A. Corp. tornou-se extremamente poderosa com o passar dos dias, como se um qualquer elemento externo estivesse a fortalecê-la e financiá-la, permitindo à Organização retomar os seus negócios sombrios, com as operações a serem dirigidas com punho de ferro como nunca tinha sido visto. Orlov estava agora tão poderoso que as autoridades não ousavam mais aproximar-se dele.

Na noite seguinte, decidido a colocar um ponto final neste terrível inimigo, Papier dirige-se a Lisboa no seu Ford Mustang ’65 Fastback, munido de todo um arsenal bélico suficientemente poderoso para eliminar um pequeno exército, que certamente encontraria no seu destino. Levava também consigo uma arma que há muito não utilizava, por ainda não a dominar completamente: a "Gunblade" Ultima. Uma híbrida entre espada e revólver, a Ultima podia exercer as duas funções com eficácia total, sendo complementada com uma segunda espada mais pequena que se pode separar da lâmina principal, para usar como espada independente, ou recombinada de forma a ser usada como lança.


A entrada do Edifício NOVA está fortemente vigiada. Não se podendo dar ao luxo de atrair atenções, Papier aproxima-se furtivamente e abate os seguranças um por um, sem que ninguém dê por nada. No Hall do prédio estão mais seguranças que estranham a presença deste estranho indivíduo. Advertem-no para não dar nem mais um passo e chamam reforços. Papier pára e atira a mala que carregava consigo para o chão. Um dos seguranças aproxima-se e abre-a para ver o que contém, mas mal lhe toca é imediatamente borrifado com um gás altamente concentrado que o faz desmaiar instantaneamente. Este incidente distrai os outros seguranças e Papier aproveita para os eliminar, mas com os reforços a caminho, o jovem vê-se forçado a lutar.

Mal os soldados altamente equipados chegam ao Hall, uma chuva de balas tem início com corpos a caírem a todo o momento. Papier dominou completamente os soldados, usando os vários pilares para se proteger enquanto recarregava as armas e nunca dando tréguas a nenhum dos oponentes. Apenas alguns segundos depois, e depois da dança de balas ter terminado, o prédio volta a ficar silencioso, enquanto Papier avançava por entre os corpos dos soldados sem vida.
Papier chega assim ao elevador e dirige-se desta forma para o andar mais elevado, onde fica o escritório de Orlov. A sua performance no Hall havia alertado o edifício e os Guardas de Elite do Líder aguardavam-no prontos para o encher de balas mal a porta do elevador se abrisse. Mas em vez disso, quando a porta se abriu viram apenas a sua mala. Dois dos Guardas aproximaram-se para ver do que se tratava, quando notaram um som que aumentava progressivamente a cada segundo que passava. Afastaram-se rapidamente mas já era tarde. A mala abriu-se e revelou um potente dispositivo explosivo, e com ela também os Guardas de Elite conheceram o seu fim. Das chamas emergiu Papier, pronto para o confronto com Titan, o último obstáculo no seu caminho que tinha Orlov como destino.

Destrói a porta do escritório e encontra Titan em frente à secretária de um Orlov Kalashnikov visivelmente nervoso. O Estranho esboça um leve sorriso e mostra-se satisfeito por ver Papier em boa forma, pois assim poderá ter nova oportunidade de destrui-lo, mas desta vez lenta e dolorosamente. Papier não se sente impressionado e sem perder tempo, atira o casaco contra o adversário e investe contra ele. Mal Titan se desembaraça da gabardina negra, já tem Papier a poucos centímetros de si e só sente a dor de ser brutalmente atingido por um monumental soco na barriga.
Ainda a contorcer-se de dores e sem conseguir respirar devidamente, Titan pragueja contra Papier e recompõe-se com algumas dificuldades, pois a sua confiança foi quebrada. Para o Estranho, Papier assemelha-se agora a um gigante que se prepara para o esmagar e a expressão de Orlov, bastante perturbado pela reviravolta de eventos, não o ajuda. Titan levanta-se e desafia Papier a um segundo e decisivo assalto. Papier acede, uma vez que quer uma desforra do embate no teatro em que foi derrotado de forma traiçoeira e afirma estar preparado para tudo desta vez.
Os dois combatem ainda mais ferozmente que no seu primeiro encontro. Orlov aproveita o confronto para abrir uma porta secreta e escapar dali o mais rapidamente possível e pedir auxílio a quem quer que reste. Ao perceber que o combate com Titan era apenas uma manobra de diversão para proporcionar ao seu grande inimigo uma janela de fuga, Papier sorri e decida acabar com o combate. Num último e preciso movimento ataca o joelho de Titan, que perde o equilíbrio ficando à sua mercê, e atira-o ao chão com violência extrema, deixando-o incapaz de se mover, mas ainda vivo. Papier quer dar-lhe uma nova oportunidade para que ele repense as suas escolhas e se decida por um caminho que não inclua o Mal. Vira as costas e encaminha-se para perseguir Orlov, quando ouve um estalido.
Titan preparava-se para disparar sobre ele, mas Papier temia este desfecho e esquiva-se ao disparo. Não o eliminou da primeira vez, mas este novo acto cobarde de Titan deu a perceber a Papier que não havia salvação para o Estranho e não mais lhe mostrasse misericórdia. O seu disparo foi certeiro e Titan não mais voltaria a fazer mal a ninguém.


Faltando apenas eliminar o Líder para pôr fim ao pesadelo, Papier persegue Orlov rapidamente através de uma escadaria em espiral que conduz até ao telhado do edifício, que possui um heliporto e representa a última hipótese de fuga para o maquiavélico empresário. Papier encontra-o sozinho no telhado à espera do seu transporte, que ainda não chegou. Quando este se vira e vê Papier tão próximo de si e depois de o ter visto desembaraçar-se de Titan sem dificuldades de maior, Orlov sente que não tem saída.
Papier pede-lhe para se entregar, pois a Organização está novamente exterminada e desta vez definitivamente. Mas Orlov solta uma gargalhada. Pressentindo que o seu trajecto tinha conhecido o fim, preparava-se para fazer uma revelação tão surpreendente como assustadora.

A Organização era apenas uma parte da “Aliança”, um grupo de Conglomerados Empresariais extremamente poderosos e influentes, que têm vindo a actuar na sombra de vários governos ao redor do mundo, com o objectivo de controlar e dominar a economia dos países em que actuam. É tão secreta que ninguém sabe ao certo quem faz parte das suas fileiras, apenas aqueles que dela fazem parte.
A Organização era apenas uma célula deste obscuro grupo, que pretendia usar o país como porta de acesso à Europa. Orlov termina dizendo que Papier nunca conseguirá travar este grupo corrupto, pois os seus espiões foram recrutados entre os melhores do mundo e estão já em toda a parte para eliminar quem criar oposição.

Papier está estupefacto com o que acaba de ouvir. Haverá mesmo um poder tão imenso, ou estará Orlov apenas a tentar algo para conseguir escapar? Decidido a tirar esta história a limpo, Papier opta por levar Orlov e entregá-lo a AK-07, o único agente em quem pode confiar num momento delicado como este, para que a Interpol o interrogue e descubra tudo o que ele sabe. Nesse momento surge um helicóptero a sobrevoar o edifício. Chegam por fim os reforços de Orlov.
Isso era o que o empresário pensava, mas não podia estar mais errado. Papier repara que quem se encontra no aparelho não vem resgatá-lo, mas sim eliminá-lo. Usando uma rápida e poderosa metralhadora, múltiplos disparos varrem o telhado ceifando a vida de Orlov. Papier consegue recuar a tempo e evitar os disparos, mas sabe que a missão já havia sido cumprida e o helicóptero retira-se. Orlov estava morto, mas a Aliança é uma ameaça bem real e é urgente lidar com ela.


Le Papier afasta-se do Edifício NOVA no Mustang, consciente que tem mais uma batalha pela frente. Acabou definitivamente com a Organização, mas um novo inimigo espreita no horizonte. Vai reconstruir a sua agência e reunir toda a ajuda possível para combater este novo adversário, poderoso como nunca achou possível existir. A Organização era apenas um tubo de ensaio. Uma cobaia. E foram necessários vários anos para a aniquilar finalmente. Mas a Aliança é um poder absurdo e secreto. Um exército voltado para o mal decidido a acabar com o mundo como o conhecemos. Este é um desafio extraordinário que Papier aceita de bom grado. Há que detê-los!

A Guerra vai começar...

Comentários
6 Comentários

6 Comentários :

  1. Room401 disse... :

    A história ficou excelente! Suponho que estejas a pensar continuar isto brevemente lol!

    Esta imagem do le Papier com o Mustang velhinho também ficou muito fixe. Já tinha dito e volto a dizer que tens jeitinho para a coisa! Keep it up!

  1. Tens que continuar a escrever. Está mesmo fixe.

  1. Miss D. disse... :

    Obrigada pelo comentário ^^
    bjinhos

  1. Denim disse... :

    Altamente o final da história!! Está a pedir sequela vê lá se tratas disso depressa lol!

    A imagem está muito cool! Está meio obscura tipo apocalipse lol! Bacano!

  1. Dragonight88 disse... :

    Pensei que fosses acabr isto com um BANG. Afinal o que fizeste foi um BIG BANG e a história parece estar longe de acabada! Grande reviravolta!

    Tens de continuar a escrever. Estás com boas ideias!

  1. Muito obrigado a todos pelos vossos comentários e pela vossa força! A sequela da sequela da sequela, que é como quem diz, a quarta aventura de "Le Papier", vai ser escrita muito brevemente e será lançada aqui assim que ficar mais ou menos legível!

    Espero que continuem a visitar este alucinado espaço perdido no meio da net e que continuem a encontrar alguma coisa de que gostem no meio dos devaneios que vou escrevendo!

    Fiquem bem! Beijinhos e/ou abraços respectivamente para todos!

Enviar um comentário

Não se esqueçam de deixar as vossas opiniões, porque há sempre uma palavra a dizer, por mais pateta que possa parecer! xP

 
The Grand Chaos © 2012 | Ready To Rock