● Filmes Clássicos - The Matrix

11 dezembro, 2009


The Matrix é um filme que estreou nos cinemas no ano de 1999 e foi realizado pelos irmãos Wachowski, que tentaram com ele trazer o chamado “animé” japonês para o grande ecrã e conta com Keanu Reeves no papel principal.


O filme retrata a guerra dos humanos por volta do ano 2200 para se libertarem das máquinas que dominam o seu mundo desde a sua criação no início do séc. XXI. Ficamos a saber que num último recurso para derrotar as máquinas, a humanidade cobriu a luz do Sol para deixar as máquinas sem energia, mas elas adoptam uma solução radical: como cada ser humano produz, em média, 120 volts de energia eléctrica, começam a cultivá-los em massa como fonte de energia. Para tornar o cultivo eficiente, os seres humanos passaram a receber programas de realidade virtual, enquanto seus corpos permaneciam nos campos de cultivo. Essa realidade virtual, um programa de computador ao qual todos são conectados, chama-se Matrix e simula a humanidade do final do século XX.
Ainda sobrevive, no entanto, perto do calor do centro da terra, uma última cidade de seres humanos livres, que fazem o que podem para combater as máquinas. Um dos líderes é Morpheus, um visionário que acredita que um dos habitantes do Matrix é o Escolhido, aquele que, como profetizado acabará com a guerra e salvará a humanidade.

Este primeiro filme da trilogia relata a forma como Morpheus e Trinity, a sua soldado mais fiel, encontram Neo e o libertam da “prisão” que é o Matrix e o percurso que este terá de percorrer até se tornar no Escolhido para libertar a raça humana das máquinas.


The Matrix é notório pelas suas inovações nos efeitos especiais e na acção, tendo como imagem de marca a chamada “slow motion”, a forma como as imagens de projéteis se deslocavam em ondas em câmara lenta. O filme é repleto de mensagens subtis, entre as quais se destaca aquela de que as máquinas jamais controlarão o homem, pois o comportamento delas é baseado em programas e programas podem ser entendidos pela complexa mente humana que transcende a lógica.


The Matrix foi escrito como uma trilogia (The Matrix, Matrix Reloaded, Matrix Revolutions), porém apenas o primeiro filme foi bem sucedido. A continuidade da história não agradou nem à maioria do grande público nem à crítica, mas há quem considere no entanto a trilogia inteira uma obra-prima.

O universo Matrix é uma obra de arte multimédia e a sua história inteira está presente nos 3 filmes, em 9 filmes animé, chamados no seu conjunto Animatrix, em BD’s lançadas nos EUA e nos videojogos Enter the Matrix e The Path Of Neo, mas há sempre quem ache que falta ainda qualquer coisinha para ficar completa.


The Matrix é um verdadeiro cocktail de vários elementos: filmes de ficção científica (como The Terminator), animés (Akira, Ghost in the Shell), filosofia (Platão, Descartes), religião (Budismo, Messianismo Judaico-Cristão), informática (Realidade Virtual, Inteligencia artificial), literatura cyberpunk (Neuromancer), entre outros e é um verdadeiro filme de culto que conquistou fãs de todas as idades.

Comentários
4 Comentários

4 Comentários :

  1. Silvia disse... :

    Nunca me dei ao trabalho de ver o Matrix xD
    Claro que gosto. Tenho bom gosto musical xD

  1. Room401 disse... :

    O Matrix foi um grande filme. Pena que o segundo e o terceiro não tenham sido tão bons, mas no geral a trilogia é fixe. Um pouco complicada de perceber nalgumas partes mas fixe.

  1. Denim disse... :

    Os files são os 3 do melhor! Ainda me lembro de ter ficado com a cabeça a andar à roda com a conversa do Arquitecto com o Neo no segundo filme!

    Depois do Matrix parece que tudo o que foi feito a seguir é imitação é como tu disseste é uma saga de culto.

Enviar um comentário

Não se esqueçam de deixar as vossas opiniões, porque há sempre uma palavra a dizer, por mais pateta que possa parecer! xP

 
The Grand Chaos © 2012 | Ready To Rock