● The HM Chronicles: II - O Baptismo de Fogo

21 agosto, 2009


Como havia prometido, hoje vou falar-vos do primeiro concerto de uma banda “grande” de Heavy Metal a que assisti. Não com uma banda qualquer mas com "A Banda"!


Esta não foi de todo a primeira vez que estive presente num concerto de metal, pois como é óbvio principalmente no verão, já tinha estado frente a frente com bandas menores, das quais destaco os “Ferro e Fogo” uma banda de covers que conta já com mais de 30 anos de carreira e que baseiam o seu set-list em bandas dos 80’s, principalmente Iron Maiden. Mas, adiante...

Desde que comecei a ouvir Metal, a banda que mais me apaixonou foi Metallica. Eu sonhava já há bastante tempo por uma oportunidade de os ver ao vivo, por isso quando a sua presença foi confirmada no Super Bock Super Rock de 2007 eu sabia que não podia faltar à chamada!

Na altura com os meus 20 anitos não tive grandes problemas com os meus pais, por isso apenas tive que pedir uma folga no trabalho e por-me a andar para Lisboa. A acompanhar-me foi Samuel Vale (vocês devem conhecê-lo de outros posts), mas como não podia deixar de ser encontrámos o Sérgio Alves (mais uma vez ele está lá...) que foi connosco na viagem de comboio.

Chegados a Lisboa e ao parque onde se dariam os concertos, a loucura ia começar. Mastodon abriu as hostilidades e depois vieram os Stone Sour, duas bandas muito boas que acabaram por ser apenas um aperitivo para o que aí vinha. A noite chegou quando o “mestre” Satriani começava a brincar com a guitarra como um puto pequeno quando lhe oferecem um carrinho novo! Foi um concerto verdadeiramente memorável, a introdução perfeita para a maior banda de Metal da actualidade...

Os minutos que se seguiram mais pareceram uma eternidade, embora o travar de conhecimento com algumas meninas que tinham ido ver o concerto tivesse atenuado um pouco essa sensação, mas quando finalmente comecei a ouvir a mítica “Ecstasy Of Gold” eu esqueci completamente tudo o resto e as duas horas e meia seguintes passaram a uma velocidade vertiginosa por meio de riffs e solos avassaladores! - Eu podia ficar aqui a descrever cada música do concerto até ao mais ínfimo pormenor, mas se vocês já devem estar a dizer "Meu este gajo está possuído por estar a falar tanto de sentimentos e m***** destas!" eu não vou querer que passem por isso, pois não quero ninguém traumatizado e a precisar de tratamento psicológico, até porque isto é um blog sério!... Por isso passemos essa parte...

Após a derradeira “Seek & Destroy” era tempo de voltar para casa e, apesar de ter o corpo meio partido pelo moche e a certeza de que as próximas horas na estação iam ser muito, mas mesmo muito longas e dolorosas, eu estava com um daqueles sorrisos que de tão irritantes só dá vontade de bater (!!!) mas este é o efeito que o Metal deixa nas pessoas (por acaso o que parecia é que estava completamente pedrado!).



O que é certo é que este concerto foi de facto fabuloso e deixou marcas profundas no meu ser e isto é algo que não ocorre todos os dias certo?!

Espero também que esta história tenha servido para vos incentivar a ir a um concerto de rock, porque nestes espectáculos não há só um monte de gajos cabeludos aos berros e as miúdas não são sempre feias ok?! Isso é falso, altamente falso, experimentem e vão ver eheh!!!


Não percam a próxima crónica, onde darei algumas dicas para quem ficou intrigado e quer saber mais sobre o Rock/Metal, principalmente para quem quer conhecer bandas para começar a ouvir (Duvido que sejam pouquinhos...). Chegará daqui a...


Podem ainda ler a primeira crónica desta rubrica AQUI.
Comentários
6 Comentários

6 Comentários :

  1. Room401 disse... :

    Grande texto sim senhor. O concerto de 2007 foi de facto muito bom! Os Metallica fizeram um dos melhores alinhamentos que eu já vi e o Satriani foi monumental!!

    Estas crónicas estão a ficar muito fixes. Parto-me sempre a rir com isto. Continua a dar-lhe!!!!

  1. Anónimo disse... :

    Mais uma bela crónica a primeira tambem esta fixe e esta segue a mesma linha.

    Eu nao sou grande apreciador de metal mas estes textos sao muito loucos. Bom blogue.

  1. Anónimo disse... :

    Tou a ver que és grande fã de Metallica, cada concerto deles é melhor que o anterior e este do Super Bock foi fenomenal!

    Escolheste um ótimo tema para escrever!

  1. Denim disse... :

    Tu estás cada vez a ficar mais maluco, quando eu penso que estás a ficar sem ideias sobre o que escrever apareces com um texto destes assim do nada!!!

    Isto está cada vez melhor, assim sim!!

  1. DragoNight disse... :

    Tenho de admitir que a forma como tu escreves é algo que não se encontra todos os dias. Tanto este texto como o primeiro da mesma categoria - como outros que escreveste - estão uns bons furos acima da média que é comum encontrar em blogues por aí, por isso muitos parabéns!
    Conseguiste mais um leitor e não me parece que fiques por aqui. ^^

  1. Boas pessoal!

    Não queria deixar de agradecer a todos os leitores, os belos comentários que têm escrito a respeito desta tão "ispectacular" secção, bem como nas outras obviamente, e queria também aproveitar para avisar que as próximas crónicas vão ter um tom um pouquinho diferente, até porque inovar costuma ser positivo!

    Espero que continuem a gostar e que continuem a fazer deste blog um belo local de convívo para todo o pessol fixe por esse país fora!

    Fiquem todos muito bem! Abraços e/ou beijinhos!

Enviar um comentário

Não se esqueçam de deixar as vossas opiniões, porque há sempre uma palavra a dizer, por mais pateta que possa parecer! xP

 
The Grand Chaos © 2012 | Ready To Rock